domingo, 27 de julho de 2014

7 X 1


Repetir o que muitos já escreveram é enfadonho e sem criatividade.
Assim, em vez de reprisar caminhos por muitos trilhados, aonde se exagera a importância conferida à Copa do mundo, prefiro, intrigada, descobrir o porquê desse delírio megalômano que fabrica "heróis" mais fulgurantes do que os antigos ícones da pátria. 
Como sempre acontece, conquistar o hexa tornou-se mais importante do que alcançar o paraíso (os que acreditam nele).
Perder o título foi despencar nos abismos da mais profunda depressão! 
Um pouco de bom senso meu Brasil, jogo é jogo. Copa é página virada, ao menos, até 2018.
É tempo de acordarmos para a realidade de nosso verdadeiros problemas. 
Afinal, sonhos e pesadelos, duram, no máximo uma única noite! 
















sábado, 26 de julho de 2014

SAUDADES...

NESSA DISTÂNCIA,TENHO UMA SAUDADE DOLORIDA DENTRO DO MEU PEITO.
E UMA VONTADE INCRÍVEL DE TOCÁ-LA,BEIJÁ-LA E POSSUÍ-LA.
COMO É BOM DE TER JUNTINHA,OUVIR DE PERTO AS BATIDAS DE TEU CORAÇÃO
SENTIR O BRILHO E O CALOR DO TEU OLHAR DENTRO DO MEU.
COMO É BOM TE TOCAR,
SENTIR O AROMA DE TEU SEXO NA MINHA BOCA,NO MEU CORPO.
COMO É DELICIOSO
DE TER AO MEU LADO,VIBRANDO COM O MEU OTIMISMO,VIBRANDO COM O MEU ALTO ASTRAL.
VIBRANDO COM MINHA VIBRAÇÃO,ENCIMA DE TI...
E EU TE QUERO.
E TE DESEJO
E TE BUSCO DENTRO DA NOITE
E TE PROCURO A TODO INSTANTE.
E TE ENCONTRO SEMPRE QUE QUERO E,
COMO TUA FÊMEA,me realizo completamente.
TUA PAXAÕZINHA.

INJUSTIÇA E PRECONCEITO

Não dá para não lembrar a ignorância desse povo: preconceituoso, maldoso, inescrupuloso...
Vou tentar, só agora, com 73 anos de idade, a mudar de atitude com os outros: estava, e não vou estar mais, ajudando quem necessite de alguma coisa, qualquer coisa, a qualquer pessoa que batesse à minha porta. 
Nunca vendi nada das coisas que não queria mais. A primeira pessoa que chegasse, levava. E aí é que mora o perigo: falavam de mim sabe o quê? Que eu dava hoje para me aproveitar mais adiante: fazer sexo.
Puta que pariu...
Maldita situação...
Malditas pessoas...
Hipócritas...
Nojentas...
Fingidas...
Bestas...
Tolas...
Más...
E se me pedissem para eliminar duas características sociais, eu não excitaria em escolher a injustiça e o preconceito, pois elas é que nos colocam em patamar inferior aos animais ditos irracionais. Com toda certeza viveríamos num mundo mais próximo da perfeição.